Notícias

Memórias ADPESP: pioneira na defesa da mulher é eleita deputada estadual

Posted by:

12 de setembro, 2019

A delegada Rosmary Correa iniciou seu primeiro mandato como deputada estadual em 1991 reafirmando o compromisso de lutar pela mulher e pela Polícia Civil. Dra. Rose – como era chamada – foi titular da primeira Delegacia da Defesa da Mulher, em 1985, no Parque D. Pedro.

Já no primeiro dia de funcionamento, a Delegacia recebeu 500 mulheres. À época, em uma entrevista ao Jornal ADPESP, Rose contou que a iniciativa paulista foi notícia internacional. Segundo ela, o nome da Polícia Civil de São Paulo se projetava ao mostrar o “humanismo da carreira, ou seja, que o policial civil não é somente aquele que prende, autua em flagrante, intima, atira quando necessário e corre o tempo todo atrás de bandidos, mas dá o atendimento que o cidadão está precisando à hora em que nos procura”.

A candidatura se deu, em especial, por dois motivos: um deles era o desejo de concretizar projetos complementares às vítimas, como atendimento psicológico, médico e jurídico; o outro, era representar a Polícia Civil no âmbito Legislativo. Segundo Rose, seria a oportunidade de “trânsito livre para ir aos demais parlamentares explicar o que é realmente a Polícia Civil, sua atuação e reivindicações”.

Confira a série completa das Memórias ADPESP

0