Notícias

ADPESP propõe criação de frente parlamentar em defesa da segurança pública

Posted by:

16 de agosto, 2019

O presidente da ADPESP Gustavo Mesquita Galvão Bueno sugeriu a criação de uma frente parlamentar em defesa da dignidade dos profissionais da seguranca pública no estado de São Paulo. A proposição foi feita à deputada estadual Adriana Borgo (PROS), em reunião na quarta-feira, 14.

“Alinhamos a criação de um grupo de trabalho com as demais entidades representativas, que se reunirá periodicamente. Estamos acompanhando de perto as promessas do governo para fortalecimento da Polícia Civil e o apoio da deputada é fundamental nesse sentido”, destacou Mesquita. Na ocasião, ele também representou a presidente do SINDPESP, Raquel Kobashi Gallinati.

Mesquita pontuou ainda a necessidade de aguardar até 31 de outubro – data em que o governador João Doria se comprometeu a anunciar o aumento para as Polícias Civil e Militar – para avaliar o que será apresentado.

“Importante reforçar que não estamos de braços cruzados ou inertes. Nos colocamos à disposição do governador para esclarecer o tamanho de nossa desatualização salarial, que implica em um aumento superior a 100%”, disse o presidente da ADPESP. Ainda segundo ele, a Associação elaborou uma minuta de um projeto de lei, contemplando justamente essa necessidade.

“A reunião com diversas associações e instituições das Policias Civil e Militar foi muito produtiva para ouvir os anseios e as demandas e para trabalharmos em conjunto, lutando sempre pela defesa dos trabalhadores da segurança pública”, detalhou Adriana Borgo.

Estiveram presentes representantes da: ADPESP e SINDPESP; da Associação dos Escrivães de Polícia; do SINPCRESP; da FESSP-ESP; IPA – International Police Association; do SINTELPOL; da ADISPESP; ADS-PC; da Associação dos Papiloscopistas Policial; e do SOS Segurança.

0