Notícias

Presidente da ADPESP é agraciado com Medalha Constitucionalista

Posted by:

2 de setembro, 2019

Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo. Os quatro jovens que morreram durante a Revolução Constitucionalista de 1932 são a inspiração para a outorga da Medalha Constitucionalista, concedida pela Sociedade Veteranos de 32 – MMDC. A honraria foi criada para galardoar aqueles que, por seus méritos e serviços relevantes prestados à São Paulo e ao culto da Revolução Constitucionalista, se tenham tornado pessoas dignas de especial distinção.

Gustavo Mesquita Galvão Bueno, presidente da ADPESP, recebeu a homenagem em cerimônia realizada em 30 de agosto, no Monumento do Soldado Constitucionalista: “É uma honra ter sido agraciado hoje com a Medalha Constitucionalista da Sociedade Veteranos de 1932. Sempre fui um grande admirador deste movimento, cujo espírito de coragem e bravura e os ideais de liberdade e democracia serão sempre motivo de orgulho e inspiração para todos nós, paulistas”.

Emocionado, o presidente da Associação dedicou a Medalha Constitucionalista aos colegas de classe. “Recebo essa homenagem em nome de todos os delegados de Polícia do estado de São Paulo, que labutam diariamente para reviver e fazer valer aqueles mesmos ideais pelos quais os Veteranos de 32 morreram: honra, liberdade e justiça. Que possamos deixar um legado para as futuras gerações, assim como os Veteranos de 32 deixaram para nós”, disse Mesquita.

A Sociedade Veteranos de 32 – MMDC foi fundada em 7 de julho de 1954, com propósitos cívicos e patrióticos. A entidade presta auxílio aos veteranos e às viúvas de veteranos que defenderam São Paulo na Revolução Constitucionalista de 1932.

Veja o vídeo da homenagem:

0