Notícias

Polícia Civil conclui inquérito que envolve ex-prefeito de Potim

Posted by:

4 de junho, 2019

No último dia 29, a Polícia Civil de São Paulo concluiu o inquérito policial que envolve o ex-prefeito de Potim, Edno Fleix Pinto, o Nenê. A ação é resultado do Setor de Combate à Corrupção, Crime Organizado e Lavagem de Dinheiro (SECCOLD), de Guaratinguetá.

Com apoio do Tribunal de Contas do Estado, foram apuradas diversas irregularidades em nomeações de servidores públicos em cargos de comissão, o que caracteriza crime de responsabilidade, de acordo com o Decreto-lei n° 201/67.

“Parentes e amigos do ex-prefeito foram beneficiados com a nomeação para cargos na prefeitura, sendo que alguns nem sequer trabalhavam efetivamente”, destacou o delegado Francisco Sannini, responsável pelo caso.

As investigações realizadas apontaram que em 2016 houve gasto excessivo com o pagamento de servidores, atingindo 63,90% da Receita Corrente Líquida do Município, o que também viola a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O inquérito foi encaminhado ao Poder Judiciário e deve ser apreciado pelo Ministério Público nos próximos dias.

A Polícia Civil sugeriu na conclusão dos trabalhos que o ex-prefeito fique proibido de exercer qualquer cargo público até o final do processo.

Gustavo Mesquita Galvão Bueno, presidente da ADPESP, reforça a relevância do SECCOLD para a sociedade: “O SECCOLD integra o pacote de 10 medidas de modernização da Polícia Civil de São Paulo. É um conjunto de propostas que estamos ofertando à sociedade como alternativa para fortalecimento da segurança pública”.

0