Notícias

Memórias ADPESP: luta salarial

Posted by:

10 de outubro, 2019

Em 2001, os policiais civis de São Paulo já amargavam baixos salários. Recusando o reajuste irrisório oferecido pelo então governador Geraldo Alckmin, a ADPESP, em conjunto com outras 35 entidades representativas das carreiras policiais civis e militares, foi recebida no Palácio dos Bandeirantes, na tentativa de um acordo.

O presidente da Associação à época, Paulo Fernando Fortunato, participou da reunião e alertou que a proposta encaminhada à Alesp não seria aceita: “Vamos pressionar os deputados para que rejeitem o projeto do governador Geraldo Alckmin”.

A insatisfação com salários defasados estava presente também em outros estados, como Pernambuco, Alagoas e Bahia – que registraram movimentos grevistas. Diante do fato, o presidente Fernando Henrique Cardoso reuniu-se com vários governadores para anunciar um “pacote de medidas” para a segurança pública.

Confira a série completa das Memórias ADPESP

0