Notícias

Orçamento 2020 poderá contemplar recomposição salarial aos Policiais Civis

Posted by:

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que norteia os gastos do governo de São Paulo, foi aprovada na última semana, na ALESP. Entre as emendas apresentadas, uma atendeu aos anseios da ADPESP, que – há muito – alerta para a grave desvalorização salarial da Polícia Civil. O deputado Bruno Lima apresentou proposta que versa sobre a recomposição salarial aos servidores públicos da área de segurança para o orçamento 2020.

Cabe ressaltar que a propositura do deputado não estabelece critérios para o reajuste de vencimentos dos servidores públicos, uma vez que isso será tratado caso a caso pelo governo do estado. Contudo, ela corresponde a uma garantia jurídica para o aumento do ordenado mensal no próximo ano.

O entendimento das carências da instituição, o quadro de sucateamento, alta evasão, baixos salários e falta de investimento em infraestrutura resulta da atuação constante da diretoria da Associação, que mantém uma agenda frequente de encontros e reuniões com deputados da Casa Legislativa.

Os salários pagos aos delegados, investigadores e escrivães, entre outros, estão entre os piores do Brasil. Um levantamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE), há cerca de dois meses, mostrou ainda que 65% dos policiais civis não concordam com as condições de trabalho e 49% deles estão desmotivados.

Antes mesmo de João Doria assumir o governo de São Paulo, a ADPESP já vinha alertando-o para a necessidade de valorização dos profissionais vinculados à Segurança Pública e Justiça. Eleito, ele manteve o discurso de ajuste dos vencimentos de forma gradual, e chegou a declarar que o estado pagará aos delegados um dos melhores salários do país, até o final de seu mandato.

A ADPESP deu mais um voto de confiança ao governador, porém, até o momento, Doria não apresentou um plano para o atendimento ao pleito dos delegados. A aprovação da emenda favorece a Segurança Pública e por consequência beneficia a sociedade paulista. Nesse sentido, a ADPESP parabeniza o deputado estadual e delegado Bruno pela atitude.

0