Notícias

ADPESP repudia ataques feitos a delegados pelo apresentador Luiz Bacci

Posted by:

27 de abril, 2020

A ADPESP vem a público expressar seu repúdio à conduta do apresentador Luiz Bacci, o qual, lamentavelmente, mais uma vez, demonstrou não agir com ética ao exigir declarações do delegado seccional de Mogi Guaçu Dr. José Antônio Carlos de Souza, e da delegada Dra. Edna Elvira Salgado Martins, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), sobre o caso da menina Ísis Helena. Diante da recusa do delegado, o apresentador passou a proferir ataques ofensivos não só a estes, mas como a toda a carreira, depondo contra a honra desses profissionais.

Reconhecemos e valorizamos a importância do bom jornalismo policial que, quando feito com seriedade e ética, cumpre sua importante função de informar a sociedade e pode auxiliar a polícia na elucidação de crimes. Todavia, não podemos concordar com afirmações levianas feitas por pseudojornalistas que, para além de atingir a honra pessoal e pública de profissionais sérios e respeitados, acabam por prejudicar e embaraçar o bom andamento da investigação.

Ressaltamos que eventuais declarações de um delegado de polícia à imprensa são sempre norteadas pelo interesse público, e cabe somente a este, diante das circunstâncias do caso concreto, proceder à avaliação da conveniência e oportunidade de determinada informação.

Não cabe, portanto, ao aludido apresentador, ou a qualquer outro, a exigência de explicações, informações ou declarações apenas para satisfazer sua busca desenfreada pela audiência a todo custo. Afinal, estamos diante de situações que envolvem a vida das pessoas, cuja exposição deve estar condicionada ao mais absoluto respeito, dignidade e profissionalismo.

Diante das lamentáveis e repetidas condutas de Luiz Bacci neste mesmo sentido, a ADPESP recomenda aos delegados de polícia que, a partir de agora, recusem-se a oferecer qualquer declaração a este apresentador, que já demonstrou não guardar qualquer respeito por nossa carreira.

Por fim, expressamos nossas congratulações aos delegados Dr. José Antônio Carlos de Souza e Dra. Edna Elvira Salgado Martins que, ao elucidar o citado crime, comprovaram novamente sua competência e a eficiência da Polícia Civil do Estado de São Paulo.

Reiteramos ainda nosso profundo respeito pela imprensa e pelos jornalistas que atuam com seriedade, responsabilidade e cidadania, resguardando o estabelecido no Código de Ética da profissão. Mas não admitiremos ofensas aos profissionais de segurança pública, lutando em favor destes com o mesmo vigor com que defendemos a sociedade.

0