Notícias

ADPESP e SINDPESP defendem valorização da Polícia Civil no Colégio de Líderes da ALESP

Posted by:

12 de dezembro, 2018

O presidente da ADPESP, Gustavo Mesquita, e a presidente do SINDPESP, Raquel Gallinati, foram recebidos, nesta terça (11/12/2018), pelo Colégio de Líderes da ALESP, que reúne os líderes dos partidos com representação na Assembleia Legislativa.

Convidados a falar pelo presidente da ALESP, Cauê Macris, a dupla defendeu a valorização da Polícia Civil para combater a criminalidade e a insegurança pública hoje sentida pela população.

Gustavo Mesquita e Raquel Gallinati enfatizaram a urgência da recomposição dos quadros da Polícia Civil, bem como a necessidade de fazer justiça salarial aos delegados de polícia paulistas, que ainda recebem os piores salários das 27 unidades da federação.

Salientaram que a Polícia Civil tem hoje um déficit 13 mil policiais, o equivalente a 31% do quadro previsto em lei, o que afeta o atendimento à população e, sobretudo, a principal atribuição constitucional da Polícia Civil, a investigação criminal.

Atentos aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal, os presidentes da ADPESP e SINDPESP apresentaram estudo que comprova a viabilidade orçamentária dos projetos salariais, em tramitação na ALESP.

Acompanharam a reunião no Colégio de Líderes o secretário-geral da ADPESP, Fernando David, os diretores Jacqueline Valadares, Rodrigo Lacordia e Dario Elias Nassif, o secretário-geral do SINDPESP e diretor da ADPESP, Arnaldo Rocha Junior, o diretor do SINDPESP, Emiliano Chaves Neto, e o delegado de polícia e conselheiro da ADPESP, Bruno Guilherme de Jesus.

As entidades receberam o apoio de vários líderes partidários e dos deputados Delegado Olim, Campos Machado e Itamar Borges.

0